Capa da Página Há tempos em dificuldades, Campo do Rio Branco tem situação agravada durante a pandemia de Covid-19 - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 20º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

PARÁ DE MINAS

Há tempos em dificuldades, Campo do Rio Branco tem situação agravada durante a pandemia de Covid-19

20/05/2020 às 08:49h

Facebook

Há alguns anos, um dos maiores palcos do esporte em Pará de Minas foi deixado de lado e vem sofrendo com a ação do tempo. Trata-se do estádio Edson Campolina, mais conhecido como Campo do Rio Branco, localizado no bairro Nossa Senhora das Graças. O local está interditado atualmente pelo Corpo de Bombeiros, uma vez que a estrutura da arquibancada e dos vestiários não está em condições para uso de atletas e espectadores.

A situação que já estava ruim, agora com a pandemia instalada pelo novo Coronavírus piorou ainda mais, uma vez que a verba que mantinha o Campo do Rio Branco era de jogos de campeonatos regionais e treinamentos por parte de equipes de futebol. Com o local impedido de realizar tais atividades e interditado pelas autoridades de segurança, o fim definitivo está próximo.

Para não deixar que o pior aconteça, voluntários amantes do futebol e do estádio Edson Campolina se uniram e realizaram esforços, mesmo que pequenos, para dar manutenção na estrutura do Campo do Rio Branco. Sobre o assunto, a reportagem do Jornal da Cidade conversou com Wesley Calisto, um dos responsáveis pelos trabalhos de recuperação da arena esportiva.

Em entrevista, ele comenta as dificuldades que o Campo do Rio Branco vem enfrentando para se manter:

Clique e ouça Wesley Calisto


Em busca de arrecadar recursos financeiros para as manutenções do Campo do Rio Branco, uma rifa está sendo promovida e vai premiar o ganhador com 100,00 em gasolina, como informa Wesley Calisto:

Clique e ouça Wesley Calisto

Um dos responsáveis atuais pelo estádio Edson Campolina relembra ainda a história e a importância do local para os pará-minenses:

Clique e ouça Wesley Calisto

Quem tiver interesse em contribuir para a manutenção do Estádio Edson Campolina (Campo do Rio Branco) pode entrar em contato com Wesley Calisto pelo telefone: (37) 9 9997-7193.

Por Henrique Silva

Fotos: Weslei Calisto | Rádio Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: