Capa da Página Juíza aceita justificativa e marca nova audiência entre Cruzeiro e Mano Menezes - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 27º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Juíza aceita justificativa e marca nova audiência entre Cruzeiro e Mano Menezes

21/07/2020 às 09:00h

Facebook

Após ausência de Mano Menezes na audiência desta segunda-feira, a juíza Solainy Beltrão dos Santos, da 42ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, marcou para terça-feira da próxima semana (dia 28) novo encontro para tentativa de conciliação entre o treinador e o Cruzeiro.

O clube havia solicitado arquivamento do processo, em função do não comparecimento de Mano, mas a magistrada aceitou a justificativa do treinador e de seus advogados, que alegaram problemas para conexão à videoconferência.

Mano Menezes entrou na Justiça do Trabalho contra o Cruzeiro em 19 de maio deste ano. No processo, ele cobra rescisão, FGTS, multas e outras verbas trabalhistas. O clube tinha um acordo de R$ 1,9 milhão com o técnico pelo encerramento contratual, mas não cumpriu. O valor total da causa é de R$ 4.326.934,00.

Uma segunda ação é movida por Mano Menezes contra o Cruzeiro, também protocolada em maio deste ano, na 27ª Vara do Trabalho de BH. Neste, ele reivindica o recebimento de direitos de imagem. O valor atualizado do débito é de cerca de R$ 1,1 milhão.

Mano no Cruzeiro

Mano Menezes ocupa a quarta posição entre os técnicos que mais dirigiram o Cruzeiro, com 235 partidas. Contando os números da primeira passagem, no segundo semestre de 2015, foram 112 vitórias, 69 empates e 54 derrotas. A Raposa marcou 333 gols e sofreu 205 sob o comando do treinador.  Foram duas conquistas da Copa do Brasil, em 2017 e 2018, além de dois títulos estaduais, em 2018 e 2019.

Após três anos consecutivos de trabalho, a segunda passagem de Mano pela Toca terminou em agosto de 2019. Ele deixou o cargo depois de derrota para o Internacional, no Mineirão, pelas semifinais da Copa do Brasil.

Veja o que Mano Menezes cobra do Cruzeiro na Justiça

Rescisão do contrato de trabalho - R$ 1.349.424,11

Saldo de salário: R$ 23.333,33

13º salário proporcional: R$ 58.333,33

Férias proporcionais: R$ 66.666,67

1/3 de férias: R$ 20.888,89

Salário proporcional: R$ 111.111,11

Diferenças salariais: R$ 700.000,00

Saldo de salário de junho/2019: R$ 199.597,00

Saldo de salário de julho/2019: R$ 362.903,00

Multa art. 477 da CLT: R$ 600.000,00

Multa art. 467 da CLT: R$ 876.249,90

Diferenças de FGTS: R$ 69.537,77

Honorários advocatícios de 15% sobre o valor da condenação

Fonte: Super Esportes

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: