Capa da Página Lisca confirma que deve permanecer no América e que só sai para gigantes - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 16º MIN 28º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

AMÉRICA MG

Lisca confirma que deve permanecer no América e que só sai para 'gigantes'

27/01/2021 às 09:09h

Facebook

O técnico Lisca deve mesmo permanecer no América para a temporada 2021. Em entrevista à Rádio Grenal, do Rio Grande do Sul, o treinador revelou já ter a proposta de renovação do clube em mãos e elogiou a diretoria alviverde.

"Paga certinho, por isso acredito que seja uma das forças do clube. O América, na Série B, faz a diferença. O América é um clube austero. É um clube que não paga muito, mas é correto, paga prêmio, quando está no G4 tem bicho. Não é muito também, mas cumpre religiosamente. Mas esse é um dos trunfos do clube na Série B e realmente faz a diferença”, disse o comandante.
 
Lisca fez um trato com o presidente do América, Marcus Salum: ele só considerará a saída do comando da equipe por uma proposta de um dos 'gigantes' da Série A. Sem isso, seguirá no clube mineiro.
 
“A tendência é eu ficar no América. Conversei com o Salum, o presidente. ‘Ah, se vier um gigante do futebol, da Série A, a gente vai até conversar’. Mas no momento os convites pra mim continuam na zona de emergência, para tirar time de sufoco, times intermediários e aí eu vou optar por ficar no América”.

Lisca ainda apontou os gigantes que o fariam balançar. “O Grêmio é um dos gigantes. Grêmio, Inter, Flamengo, Corinthians, Santos, São Paulo, Palmeiras, né, esses hoje são os gigantes porque, além de te darem estrutura, pagam bem, te dão bons jogadores e te dão condições de fazer grandes trabalhos”, justificou.
 
A principal questão envolvendo a permanência do técnico seria a manutenção da base do elenco alviverde. A diretoria americana tem trabalhado nesse sentido e, por isso, as possibilidades de renovação de Lisca aumentaram.
 
Sob o comando do Coelho, o treinador de 48 anos somou 29 vitórias, 21 empates e nove derrotas em 59 jogos - 57,6% de aproveitamento. Ele levou o clube às semifinais da Copa do Brasil e, agora, briga pelo título da Série B do Campeonato Brasileiro.
 
Destaque de saída?
 
Ainda em entrevista à Rádio Grenal, Lisca revelou enxergar o atacante Ademir como uma peça que encaixaria no Internacional. "Eu vendo o Grenal, vi o Ademir nesse time do Inter encaixado, até pelo Inter jogar em um modelo parecido com o América”, declarou.
 
O empresário do jogador, Alexandre Soares, garantiu ao Superesportes que não houve propostas oficiais pelo atleta. O América recebeu apenas sondagens de clubes da Série A.
 
Na temporada 2020/21, o atacante do Coelho somou 13 gols e três assistências em 49 jogos. Sua velocidade, seus dribles e sua capacidade de finalização chamaram a atenção de outras equipes do futebol nacional.

Fonte: Super Esportes

Foto: Mourão Panda/América

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: