Capa da Página Após Macrorregião Oeste regredir para “Onda Amarela” do Minas Consciente, Prefeitura de Pará de Minas publica novo decreto - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

26/09/2020 às 08:30h

Após Macrorregião Oeste regredir para “Onda Amarela” do Minas Consciente, Prefeitura de Pará de Minas publica novo decreto

Facebook
Após a Macrorregião Oeste, na qual pertence Pará de Minas, regredir para “Onda Amarela” do Programa Minas Consciente do Estado de Minas Gerais, a Prefeitura Municipal publicou nessa sexta-feira (25), novo decreto com as medidas temporárias de prevenção ao coronavírus, suspendendo alvarás que há uma semana haviam sido liberados após os municípios da região terem sido credenciados para a “Onda Verde”.

A Macrorregião Oeste regrediu para a Onda Amarela após reunião semanal do Comitê Extraordinário Covid-19, realizada na última quinta-feira (24), pelo Governo de Minas. As novas classificações passam a valer neste sábado (26).

As mudanças temporárias constam no Decreto 11.271/2020, publicado pela Prefeitura e assinado pelo prefeito Elias Diniz, que vale até o dia 2 de outubro. De acordo com o documento, shows em bares, festas e eventos (exceto práticas esportivas), abertura de discotecas, teatros, circos, feiras, congressos, exposições, além de outras atividades que causem aglomerações não poderão ser realizados ou funcionar em Pará de Minas.

A opção da Prefeitura seria seguir a classificação da Microrregião de Pará de Minas, como permite o Governo Estadual, porém a micro ainda permanece na Onda Amarela.

Nossa reportagem procurou a Prefeitura de Pará de Minas, através do procurador-geral do município, Hernando Fernandes, o qual informou que Pará de Minas vai seguir as determinações do Plano Minas Consciente, que tem atendido a população no que se refere à prevenção ao coronavírus. Ainda segundo ele, na próxima semana o Comitê Gestor de Enfrentamento a Covid-19 fará nova reunião para tratar do assunto.

Por JC Notícias

Foto: Rádio Espacial FM / Divulgação



Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: