Capa da Página Assim como estudantes, educadores tiveram muitos desafios em 2020 devido a pandemia: sindicalista faz balanço negativo - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 17º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

25/01/2021 às 08:49h

Assim como estudantes, educadores tiveram muitos desafios em 2020 devido a pandemia: sindicalista faz balanço negativo

Facebook

A Covid-19 alterou a vida de todos, entretanto a educação em tempos de pandemia foi uma das áreas mais afetadas com a crise. A doença pegou o mundo inteiro de surpresa e adaptar-se a essa nova realidade não foi nada fácil para alunos, pais e também educadores em 2020.

Depois da quarentena, as aulas nas redes estadual e municipal, além das escolas particulares foram dadas de forma virtual pela internet e TV. A medida não agradou em nada os pais, alunos e, principalmente os professores que, despreparados, tiveram que se virar para conseguir atender os anseios da comunidade acadêmica.

Além da dificuldade tecnológica, a financeira também andou junto aos professores, uma vez que o pagamento, pelo menos os que servem ao Estado, ficou atrasado e pago parceladamente. Muitos educadores tiveram que comprar computadores com o próprio salário para trabalhar de forma remota.

Próximo do encerramento do Ano Letivo 2020, que será no dia 31 de janeiro, o presidente da subsede do SindUTE – Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Pará de Minas, Rondinelle Alves faz um balanço sobre como foi o trabalho dos educadores durante a pandemia:

Clique e ouça Rondinelle Alves

De acordo com Rondinelle, o mês de setembro, o Governo Estadual chegou a informar que estava se preparando para o retorno das aulas presenciais, porém o SindUTE teve que acionar o Ministério Público para barrar a decisão, pois acreditam que as escolas do Estado não tinham condições de volta:

Clique e ouça Rondinelle Alves

Rondinelle lembra que em 2020 muitos educadores tiveram que comprar computadores com o próprio salário para trabalhar de forma remota. Alguns até hoje estão sem equipamentos tecnológicos:

Clique e ouça Rondinelle Alves

Em Minas Gerais, as aulas na rede estadual de ensino em 2020 foram suspensas em março devido à pandemia de Covid-19. Em maio retornou de forma remota e o encerramento do ano letivo será no dia 31 de janeiro.

Em dezembro, o Governo de Minas Gerais anunciou que o ano letivo 2021 vai começar em 4 de março na rede pública estadual. No entanto, ainda não há uma definição sobre a volta às aulas presenciais.

Por Sérgio Viana

Fotos: Arquivo Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: