Capa da Página No Dia Nacional da Abolição da Escravatura, membro de grupos étnicos destaca como está situação da população negra no país - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 24º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

13/05/2022 às 07:40h

No Dia Nacional da Abolição da Escravatura, membro de grupos étnicos destaca como está situação da população negra no país

Facebook

A Abolição da Escravatura foi o acontecimento histórico mais importante do Brasil após a Proclamação da Independência, em 1822. No dia 13 de maio de 1888, após seis dias de votações e debates no Congresso, a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, que decretava a libertação dos escravos no país.

Por cerca de 350 anos, o Brasil destino de 4,5 milhões de escravos africanos foi o maior território escravagista do Ocidente, mantendo este sistema tanto no campo como na cidade. O trabalho era o lugar do escravo.

Em entrevista ao Jornal da Cidade Guilherme Diniz, membro participante de movimentos étnicos, explica a situação do Brasil hoje em relação a discriminação:

Clique e ouça Guilherme Diniz

Guilherme ressalta a grande participação dos negros na formação da cultura brasileira:

Clique e ouça Guilherme Diniz

Guilherme Diniz explica a importância dos debates e discussões pra reduzir ainda mais os preconceitos raciais:

Clique e ouça Guilherme Diniz

Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional é crime e a pena é de reclusão de um a três anos, além de multa.

Por: Kelvin Fernandes

Fotos: Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: