Capa da Página Preço do leite dispara e assusta consumidores: aumento ultrapassa 30% em 2022 - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

30/06/2022 às 07:41h

Preço do leite dispara e assusta consumidores: aumento ultrapassa 30% em 2022

Facebook

Os consumidores brasileiros têm ficado cada vez mais preocupados com o aumento da inflação, deixando muitas pessoas sem saída para driblar a crise, ainda mais quando se trata de alimentação. A cada semana ir ao supermercado tem se tornado um grande desafio. Nas últimas semanas, o aumento no preço do leite longa vida tem sido um dos maiores vilões, assustando quem consome ou usa o produto como ingrediente.

Nos supermercados, o preço do leite de caixinha já é encontrado entre R$ 7,00 e R$ 10,00. Segundo economistas, até o momento, o aumento em 2022 foi de 30,71%. Com o valor nas alturas, derivados, como queijo, mussarela, bebidas lácteas e iogurte também foram afetados pela inflação.

Diante da situação, a reportagem do JC Notícias compareceu em parte dos supermercados de Pará de Minas e conversou com alguns consumidores, que reclamaram da situação e afirmaram que terão que dar um jeitinho para não deixar de consumir o produto, como é o caso da aposentada Maria da Conceição Carvalho, moradora da Vila Sinhô:

Clique e ouça Maria da Conceição

Quem tem criança em casa a tarefa de tentar dar um jeitinho na hora de comprar leite e seus derivados, fica ainda mais complicada, como é o caso de Samuel Junio da Silva Melgaço, morador do bairro Eldorado, que tem dois filhos:

Clique e ouça Samuel Melgaço

A alta do preço do leite também vem impactando donos de padarias, biscoiterias e comércios que utilizam o produto. Adílson Alves da Silva, proprietário de uma padaria em Pará de Minas reclama da situação e explica quais medidas vem tomando para não ficar no prejuízo:

Clique e ouça Adílson Silva

O aumento no preço do leite, segundo especialistas se deve ao elevado custo de produção e, principalmente, a época da seca.

Por Sérgio Viana

Fotos: Arquivo Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: