Capa da Página Prefeitura de Pará de Minas prorroga novamente o decreto de flexibilização do comércio - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 6º MIN 25º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

01/08/2020 às 07:36h

Prefeitura de Pará de Minas prorroga novamente o decreto de flexibilização do comércio

Facebook

A Prefeitura de Pará de Minas publicou no fim da tarde dessa sexta-feira (31), o decreto 11.203/2020, prorrogando novamente para até a próxima quarta-feira (5), a manutenção das medidas e flexibilizações do comércio da cidade, impostas nos últimos decretos.

O decreto que estava em vigor, 11.178/2020, tinha validade até ontem (31), e a Prefeitura teria que publicar um novo documento, já adequado ao Plano Minas Consciente, o qual o município passou a aderir no último dia 21 de julho, conforme anunciado pelo Jornal da Cidade.

Porém, a Prefeitura aguarda a versão atualizada do Minas Consciente, que passa a valer em 6 de agosto, definindo qual a onda do plano que o município de Pará de Minas será inserido, de acordo com a macrorregião oeste ou a microrregião.

A Prefeitura de Pará de Minas teve que aderir ao Programa Minas Consciente, do governo estadual, depois que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, atendendo a um pedido do Ministério Público, determinou que as cidades mineiras adotem o plano para frear o crescimento de casos de Covid-19.

Ao aderir ao programa, o município terá que seguir o protocolo estadual que determina quais atividades que devem ser liberadas para funcionamento, de acordo com indicadores de propagação da doença.

O Minas Consciente estabelece três ondas, sendo a vermelha, aplicada aos municípios e regiões com mais dificuldades. A amarela, aos que estão em condição intermediária. A verde, em locais cujas condições são mais seguras.

Na fase vermelha, estarão autorizados a funcionar apenas os serviços essenciais. Na segunda onda, estão as atividades tidas como não essenciais. Na última, consta o que é considerado de alto risco.

Por Sérgio Viana

Foto: Rádio Espacial FM / Divulgação

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: