Capa da Página Sindicato dos Rodoviários afirma que TURI está cumprindo medidas preventivas ao coronavírus para evitar contágio de funcionários - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 12º MIN 27º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

27/05/2020 às 08:57h

Sindicato dos Rodoviários afirma que TURI está cumprindo medidas preventivas ao coronavírus para evitar contágio de funcionários

Facebook


O Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Pará de Minas está acompanhando de perto se a empresa TURI, concessionária responsável pelo transporte coletivo urbano da cidade está cumprindo as medidas preventivas ao coronavírus para evitar o contágio de funcionários.

A informação foi repassada ao Jornal da Cidade, pelo presidente da entidade classista, Francisco Ferreira Borges. Segundo ele, a empresa TURI está fornecendo todos os materiais necessários, entre eles, máscaras e álcool em gel aos funcionários como forma de prevenção ao COVID-19.

O sindicalista também afirma que a empresa, através de comunicados e dos cobradores e motoristas, está orientando os passageiros a entrar nos ônibus de máscaras, porém alguns ainda insistem em tirar a proteção durante as viagens, aumentando os riscos de contágio do coronavírus a outros usuários e rodoviários. Ele cobra fiscalização por parte da Prefeitura:

Clique e ouça Francisco Ferreira

Francisco Ferreira conta que o sindicato foi notificado pelo Ministério Público do Trabalho sobre a fiscalização e cumprimento das normas de segurança nos ônibus coletivos de Pará de Minas:

Clique e ouça Francisco Ferreira

Felizmente nenhum motorista e cobrador da empresa TURI teve coronavírus, segundo informação do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Pará de Minas.

Sobre a cobrança do sindicalista, o Departamento de Trânsito e Transportes informa que seus fiscais têm realizado diariamente blitzen em diversas linhas do transporte coletivo municipal, alertando os pacientes sobre a importância das máscaras para a redução da disseminação do novo coronavírus. Aqueles que estão sem máscaras são orientados a utilizá-las constantemente. Não cabe a esses funcionários a responsabilidade de permitir o embarque de passageiros sem máscaras ou de determinar o desembarque daqueles que não estiverem usando a proteção no interior dos ônibus.

É importante também ressaltar que durante as ações realizadas pelo Departamento de Trânsito, foi constatada alta adesão dos passageiros do transporte coletivo ao uso de máscaras. Em praticamente todas as linhas, em diversos horários, um número mínimo de passageiros não estava usando a proteção. Em vários dias, em todas as blitzen realizadas, não foi detectado nenhum passageiro sem máscara, o que mostra a elevada conscientização dos usuários do transporte coletivo sobre a importância do uso de máscara para a redução da transmissão da covid-19.

Por Sérgio Viana

Fotos: Arquivo Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: