Capa da Página Operação Carona Sinistra: MPMG investiga crimes praticados na Câmara Municipal de Itaúna - - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 28º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

11/12/2019 às 09:06h

Operação Carona Sinistra: MPMG investiga crimes praticados na Câmara Municipal de Itaúna

Facebook

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por intermédio da Promotoria do Patrimônio Público de Itaúna e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) Regional de Divinópolis, com o apoio da Polícia Militar e da Polícia Civil, deflagrou na nessa terça-feira (10), a Operação Carona Sinistra.

A ação foi fruto de um procedimento investigatório que apurou práticas criminosas no âmbito do Poder Legislativo do município de Itaúna. As irregularidades são decorrentes, inicialmente, de contratação de agência de publicidade mediante fraude de licitação e apropriação de dinheiro público na execução de contrato fraudulento.

Além dos crimes de fraude ao procedimento licitatório, peculato desvio e associação criminosa, outras infrações penais poderão ser comprovadas no desfecho do procedimento investigatório criminal.

Na oportunidade, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão relacionados a seis alvos da operação, nas residências e endereços profissionais dos investigados, incluindo gabinete da Câmara Municipal.

A decisão judicial ainda determinou cautelarmente o afastamento de envolvidos das respectivas funções públicas e a proibição de contato entre os alvos da operação, além de proibir o acesso à Câmara Municipal por parte dos investigados.

A Operação Carona Sinistracontou com a participação de quatro promotores de Justiça, seis servidores do Ministério Público, 41 policiais militares e 28 policiais civis.

Os investigados são: Alexandre Campos, presidente da Câmara de Itaúna, Renilton Gonçalves, proprietário do Jornal Folha do Povo, Magna Teixeira Lima, apontada na apuração com laranja do proprietário do Jornal Folha do Povo, Luciene Alves Silva, proprietária da PeL Publicidade e Propaganda, Silmar Moreira de Faria, ex-secretário de Planejamento da Prefeitura e Jean Carlos da Silva, servidor da Câmara.

Em nota, a Câmara Municipal de Itaúna, por seu vice-presidente, ora na condição de presidente interino, vereador Hudson Rodrigues Bernardes, em razão de surpreendente ação ministerial e decisão judicial esclarece que trata-se de uma ação judicial em sigilo que tramita na Comarca de Itaúna e que acatará a ordem judicial imposta.

Comunica, enfim, que o funcionamento normal da Câmara Municipal de Itaúna em seus âmbitos interno e externo de atendimento ao público, não serão afetados, inclusive no que pertine as reuniões ordinárias e extraordinárias.

Homem é preso por posse irregular de arma de fogo e munições em São Gonçalo do Pará

Um homem de 47 anos foi preso na tarde dessa terça-feira (10), por posse irregular de arma de fogo e munição na cidade de São Gonçalo do Pará. A prisão ocorreu na fazenda Boa Esperança, no povoado do Jacaré.

Durante Operação de apoio a outros órgãos, a Polícia Militar recebeu informações de que o morador de uma residência no povoado tinha posse de uma arma de fogo. Foram realizadas diligências nas quais logrou-se êxito em encontrar uma espingarda calibre 28, além de quatro munições no quarto do autor.

Diante dos fatos, o autor de 47 anos foi preso e conduzido até a autoridade de polícia judiciária na cidade de Pará de Minas, junto com o material apreendido.

Por Sérgio Viana


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: