Capa da Página - Percentual de crianças e adolescentes obesos aumenta no país - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

17/09/2019 às 08:58h

Percentual de crianças e adolescentes obesos aumenta no país

Facebook

A obesidade não é mais apenas um problema estético, que incomoda por causa da “zoação” dos colegas. O excesso de peso pode provocar o surgimento de vários problemas de saúde como diabetes, problemas cardíacos e a má formação do esqueleto.

Cerca de 15% das crianças e 8% dos adolescentes sofrem com problemas de obesidade, e oito em cada dez adolescentes continuam obesos na fase adulta.

As crianças em geral ganham peso com facilidade devido a fatores tais como: hábitos alimentares errados, inclinação genética, estilo de vida sedentário, distúrbios psicológicos, problemas na convivência familiar entre outros.

Estudo recente aponta que crianças acima do peso possuem 75% mais chance de serem adolescentes obesos e adolescentes obesos têm 89% de chance de serem adultos obesos.

Pesquisas do Ministério da Saúde indicam que 12,9% das crianças brasileiras de 5 a 9 anos são obesas e 18,9% dos adultos estão acima do peso. A obesidade pode ainda ter correlação com variações hormonais tais como: excesso de insulina; deficiência do hormônio de crescimento; excesso de hidrocortisona, os estrógenos.

Diante da situação, a reportagem do JC Notícias conversou com a nutricionista Enivânia Barros. A especialista explica que a má alimentação de crianças e adolescentes podem ocorrer por vários fatores:

Clique e ouça Enivânia Barros

A nutricionista explica que a obesidade infantil pode ser tratada com alguns passos simples, porém importantes:

Clique e ouça Enivânia Barros

Quanto mais cedo for tratado, maiores são as chances de cura. Os pais devem ficar atentos e ajudar na alimentação de seus filhos.

Por Igor Araújo


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: