Capa da Página PM prende assediador de menina de 10 anos e recupera celular furtado - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 18º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

17/02/2020 às 08:12h

PM prende assediador de menina de 10 anos e recupera celular furtado

Facebook

Na última sexta-feira, na rua Aurora, bairro União, em Pará de Minas, a Polícia Militar prendeu um infrator de 25 anos que havia se envolvido em uma ocorrência de assédio contra uma menina de 10 anos e recuperou com ele um celular que havia sido furtado de um adolescente.

No local, o solicitante de 26 anos relatou aos policiais que a sua enteada de 10 anos comentou com ele que foi em uma mercearia próxima de sua residência, com seu irmão de 02 anos e nas proximidades do estabelecimento, o autor de 25 anos perguntou o seu nome e de seu irmão e, em seguida, fez movimentos sensuais com a língua, lhe dirigiu uma piscada de olho e lhe mandou um beijo.

Relatou ainda o solicitante que foi esclarecer os fatos com o autor, momento em que ele se apoderou de uma vassoura e lhe fez ameaças, lhe dizendo que havia saído da cadeia há pouco tempo, como forma de intimidação e que a seguir o autor partiu para cima dele, sendo que para se defender, entrou em luta corporal com o infrator.

Quando os militares chegaram, os ânimos foram acalmados e durante busca pessoal no autor de 25 anos, foi encontrado um celular marca Samsung, de cor preta, sendo que após consulta do número de série, o IMEI, do aparelho, foi constatado que pertencia a um adolescente de 16 anos, o qual relatou que o celular havia sido furtado na última quarta-feira (12), mas que até então não havia feito o registro da ocorrência.

O infrator de 25 anos foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia, com o celular apreendido, onde sua prisão em flagrante delito foi confirmada pelo Delegado de Plantão, sendo direcionado à Penitenciária Pio Canedo.

Ele tem várias passagens policiais anteriores, por furto, roubo, receptação e outros crimes.

Por Henrique Silva


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: