Capa da Página Alan Ruschel diz que parte financeira nunca pesou em acerto com Cruzeiro - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 13º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Alan Ruschel diz que 'parte financeira nunca pesou' em acerto com Cruzeiro

16/02/2021 às 08:55h

Facebook

O lateral-esquerdo Alan Ruschel não se mostrou preocupado com o histórico de atrasos salariais no Cruzeiro no decorrer dos últimos meses. Em entrevista na tarde desta segunda-feira, o jogador de 31 anos comentou que o acordo jamais foi condicionado a questões financeiras. Ele ressaltou a missão de contribuir para o retorno do clube à primeira divisão do Campeonato Brasileiro.


“A minha vinda para o Cruzeiro nunca pesou na parte financeira. A gente trabalha, claro, sempre buscando o reconhecimento profissional e pessoal, e a minha conversa foi de vir para cá fazer história no Cruzeiro, eu quero ajudar o Cruzeiro. Soube da dificuldade financeira, também passei por isso na Chapecoense, então não foi isso que pesou para mim. Queria vir para fazer história”, disse.

“A gente conseguindo conquistar o objetivo do clube, acho que vai melhorar a situação de todo mundo: do Cruzeiro, do Alan e de todos que trabalham no clube. Não foi essa questão que pesou, foi para fazer história. Quero ajudar o Cruzeiro a remontar e a se reorganizar durante o ano”, complementou.

Na temporada 2020, Ruschel foi capitão da Chapecoense que subiu à elite nacional como campeã da Série B, com 73 pontos - 24 a mais que o Cruzeiro, 11º colocado. Apesar da intenção da diretoria catarinense em renovar o seu vínculo, o jogador optou por se mudar para Belo Horizonte em busca de novos desafios na carreira.

“A vida é feita de desafios. Acho que deixei um grande legado na Chapecoense, de conquistas e vitórias. O Cruzeiro é um clube gigante, e a gente trabalha pelo reconhecimento profissional e pessoal. Trabalhamos também para evoluir. Dei um grande passo na minha carreira vindo para o Cruzeiro, um clube de Série A que está na B”, destacou.

“Estou muito feliz com essa minha conquista e motivado por esse desafio. É isso que fez com que eu viesse para cá. Gosto desses desafios e estou motivado para fazer um grande ano. Que a gente possa devolver o Cruzeiro à Série A do Campeonato Brasileiro, que é o lugar de onde nunca deveria ter saído”, acrescentou.

No Cruzeiro, Alan Ruschel será uma das vozes da experiência no elenco. “Estou motivado em me juntar a atletas do Cruzeiro com grande currículo, com histórias bacanas também. Fábio, Rafael Sobis, Pottker, Manoel… são atletas vitoriosos. Henrique, que também está aqui. É uma mescla de jogadores experientes com atletas jovens. Sabemos como é difícil jogar a Série B, então essa mescla vai ser bacana”.

Segundo ele, o time precisa trabalhar pela principal meta de 2021, que é o acesso à Série A. “Venho para ajudar, somar e trazer um pouco de experiência também. Que todo mundo fique engajado em um só objetivo que é ajudar o Cruzeiro a devolver o sorriso ao torcedor. É um clube gigante, com história linda, fantástica, e merece estar no cenário mais top do futebol brasileiro”.

Alan Ruschel foi um dos seis sobreviventes do acidente aéreo da Chapecoense que causou a morte de 71 pessoas em novembro de 2016. O time estava a caminho de Medellín, na Colômbia, onde enfrentaria o Atlético Nacional pela final da Copa Sul-Americana.

Nove meses após a tragédia, o lateral se recuperou das lesões causadas pelo impacto da aeronave no solo e voltou a jogar futebol em um amistoso contra o Barcelona. Pela Chape, foram 99 partidas e três gols. O atleta também defendeu Pelotas, São Paulo-RS, Juventude, Internacional, Athletico-PR e Goiás.

Fonte: Super Esportes

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: