Capa da Página Em clássico parelho, Cruzeiro e América empatam pelo Campeonato Mineiro - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 17º MIN 36º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

10/02/2020 às 08:51h

Em clássico parelho, Cruzeiro e América empatam pelo Campeonato Mineiro

Facebook

Em um jogo parelho, Cruzeiro e América ficaram no 1 a 1, neste domingo, no Mineirão, pela 5ª rodada do Campeonato Mineiro. Depois de um primeiro tempo sonolento, o Coelho abriu o placar com Ademir, aos 24 minutos da epata final. A Raposa empatou com Maurício, aos 32'.

Com o resultado, o time de Adilson Batista foi a

10 pontos. O Coelho atingiu 8. Invictos, os dois times têm um jogo a menos na competição.

O próximo compromisso do Cruzeiro é pela Copa do Brasil. O clube celeste enfrenta o São Raimundo, na quinta-feira, às 21h30, no estádio Canarinho, em Boa Vista, em Roraima. O jogo é eliminatório, e a Raposa avança com um empate. Por sua vez, o América enfrenta o Villa Nova nesta quarta-feira, às 19h15, no Independência, em confronto remarcado da 2ª rodada do Estadual.

O jogo

O clássico começou muito estudado. América e Cruzeiro se lançaram pouco ao ataque e trabalharam a bola no meio de campo. Poucas chances foram criadas. Mandante da partida, o time celeste enfrentou dificuldade de se impor e de superar a forte defesa do Coelho, que arriscava na velocidade de Ademir, um dos melhores em campo.

Quem criou a primeira chance de gol foi o time de Lisca. Aos 16 minutos, mesmo com forte marcação, Fábio cobrou o tiro de meta para Machado dentro da área. No sufoco, ele tentou sair jogando. A bola sobrou para João Lucas, que não conseguiu afastar o perigo. Ademir roubou e cruzou na medida para Felipe Augusto. Livre dentro da área, ele chutou muito mal e perdeu uma oportunidade clara.

O Cruzeiro tentou responder aos 19', com Roberson. A bola sobrou para ele na entrada da área, após rebatida da defesa. O atacante arriscou, mas sem direção. Sem muita qualidade e com dificuldade de fazer o jogo fluir, a Raposa seguiu tentando. Aos 28', Everton Felipe arriscou de fora da área, mas o chute saiu fraco.

No segundo tempo, para superar a fortaleza americana, a Raposa começou a tentar de fora da área. Aos 13', Machado arriscou. A bola passou próxima ao travessão. Mas foi o Coelho quem voltou melhor. Aos 14 minutos, Ademir tentou de cabeça e quase marcou.

Arriscando mais, o América conseguiu balançar as redes em uma jogada que contou com falha coletiva da defesa do Cruzeiro. Aos 24', pelo lado direito da defesa celeste, Felipe Augusto chegou na linha de fundo livre. Edilson ficou apenas observando. O americano cruzou na medida para Ademir, sem marcação, abrir o placar: 0 a 1.

No talento individual de Maurício e com a colaboração do goleiro Airton, a Raposa conseguiu o empate pouco tempo depois. Aos 32', o meia arriscou de fora da área. A bola foi no ângulo. O arqueiro americano conseguiu voar para fazer a defesa, mas espalmou para as redes: 1 a 1.

CRUZEIRO 1 X 1 AMÉRICA

Fonte: Super Esportes

Foto: Gladyston Rodrigues/EM DA PRESS

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: