Capa da Página Presidente do Atlético diz que chance de Tardelli voltar é pequena e chama torcedor que gravou vídeo de chato de galocha - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 10º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Presidente do Atlético diz que chance de Tardelli voltar é pequena e chama torcedor que gravou vídeo de chato de 'galocha'

31/01/2020 às 09:07h

Facebook

O Atlético ainda estuda a contratação de um atacante. Os rendimentos de Franco Di Santo e Ricardo Oliveira desagradam desde a temporada passada. Um nome que é sempre pedido pelo torcedor é o de Diego Tardelli.

O atacante está livre no mercado. O futebol chinês, que seria uma opção, parece descartado por causa dos casos de Coronavírus. Ainda não há nada de definitivo para o atleta, que está sem clube desde o dia 16 de janeiro, quando assinou sua rescisão contratual com o Grêmio.

Enquanto não acertar com um novo clube, Tardelli será badalado no Atlético. A diretoria do Galo voltou a falar sobre o jogador durante a cerimônia do Troféu Guará, em Belo Horizonte, nessa quinta-feira. O presidente Sérgio Sette Câmara disse que o atacante teria que baixar a pedida salarial para que haja uma negociação.

Sette Câmara comentou o vídeo em que foi gravado questionando se o clube era asilo para tentar a contratação de Tardelli. Ele chamou o torcedor que o filmou de "chato de galocha".

"É um chato de galocha que ficou enchendo meu saco o tempo inteiro. Fui no banheiro fazer xixi, e o cara me enchendo a paciência. Então, tem hora que você fala certas coisas até para se livrar desse tipo de chato. O Tardelli é um jogador muito querido, sou fã dele, tenho certeza absoluta que ele foi abordado várias vezes e já falou alguma coisa para se livrar. Mas tenho carinho por ele, muito respeito, é um jogador que tem mercado. Mas ele teria que baixar muito a pedida salarial dele. Muito dificil que aconteça, mas quem sabe!?".

Por sua vez, o vice Lásaro Cândido da Cunha disse que não há "nenhum desenrolar em relação a Tardelli" e praticamente descartou a volta do atacante.

"Tardelli é amigo nosso. E a gente conversa. Tentamos trazer o Tardelli quando ele foi para o Grêmio, não dava para competir. E hoje o Tardelli tem mercado para um padrão salarial que é incompatível para o Atlético. A verdade é essa. Se houvesse uma mudança total, poderia acontecer. Mas não há. Ele tem mercado. Portanto, não há nenhum desenrolar em relação ao Tardelli", garantiu.

Fonte: Super Esportes

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: