Capa da Página Sem repertório, Atlético empata com La Guaira na estreia da Libertadores - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 9º MIN 23º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

ATLÉTICO MG

Sem repertório, Atlético empata com La Guaira na estreia da Libertadores

22/04/2021 às 08:12h

Facebook

O Atlético foi, nesta quarta-feira, a perfeita antítese do que eram os melhores times dirigidos pelo técnico Cuca. Sem repertório ofensivo, a equipe abusou dos cruzamentos (59 no total) e viu o Deportivo La Guaira-VEN exigir importantes defesas do goleiro Everson. No fim das contas, a estreia na Copa Libertadores teve resultado melancólico: um empate por 1 a 1 no Estádio Olímpico da Universidade Central da Venezuela, na capital Caracas.

O placar foi inaugurado pelo zagueiro Adrián Martínez, que aproveitou uma sequência de falhas da marcação alvinegra para fazer fila e concluir com categoria, aos 20 minutos do primeiro tempo. A insistência atleticana deu resultado na etapa final, quando Matías Zaracho aproveitou rebote do goleiro para igualar o marcador.

Com o resultado, as equipes largam com um ponto no Grupo H. O Atlético volta a campo pela segunda rodada contra o América de Cáli-COL. Os times se enfrentam na próxima terça-feira, a partir das 21h30, no Mineirão. No dia seguinte, o La Guaira-VEN visita o Cerro Porteño-PAR. A bola rola às 21h, em La Nueva Olla Azulgrana, em Assunção.

Antes do compromisso pelo torneio continental, o Atlético tem jogo da 11ª - e última - rodada da fase classificatória do Campeonato Mineiro. Na condição de visitante, o time alvinegro enfrenta o Athletic, no Independência, a partir das 19h deste sábado. O técnico Cuca mandará a campo uma formação reserva, uma vez que a liderança já está garantida.

Falta de repertório alvinegro

O Atlético do primeiro tempo foi a antítese do que foram os melhores times armados pelo técnico Cuca ao longo da carreira. Até levar o gol - que saiu aos 20 minutos, numa sequência de falhas bisonhas da marcação -, a equipe alvinegra não conseguiu finalizar. Tinha a bola por mais tempo, mas faltava criatividade e repertório.

O primeiro arremate da partida foi do La Guaira-VEN, aos 19 minutos, e parou em boa defesa de Everson. No lance seguinte, um erro de Réver na construção inicial devolveu a posse aos donos da casa. E o zagueiro Adrián Martínez fez as vezes de atacante, passou com extrema facilidade por Guga e Allan antes de bater colocado para abrir o placar.

Depois do gol, o Atlético se lançou ainda mais ao ataque, mas continuava sem alternativas para superar as linhas de marcação adversárias (a primeira de cinco jogadores, a segunda de três). Encurralado pela própria inoperância ofensiva, abusou de cruzamentos para os baixinhos Nacho Fernández e Vargas e apostou em finalizações de fora da área.

A insistência nas bolas aéreas - claramente orientada pelo auxiliar Cuquinha, substituto do suspenso Cuca no banco de reservas - até resultou em lances de perigo. Mas não foi suficiente para igualar o marcador.

Everson salva

As entradas de Matías Zaracho e Hulk nas vagas de Allan e Savarino no intervalo foram a estratégia da comissão técnica para tornar o time mais perigoso. De fato, o Atlético passou a ficar ainda mais tempo no campo de ataque, mas a estratégia não mudou: cruzamentos e chutes de fora da área.

A insistência, ainda que de forma pouco organizada, deu resultado aos 21 minutos. Após mais um chute de média distância - desta vez de Guilherme Arana -, o goleiro Carlos Olses falhou. O rebote sobrou para Zaracho, que só tocou para as redes: 1 a 1. Os jogadores do La Guaira-VEN reclamaram de um possível toque no braço do meia argentino na origem do lance, mas a arbitragem mandou seguir.

Mesmo com mais de 70% de posse em boa parte do jogo, o Atlético cedeu quatro boas oportunidades ao La Guaira-VEN no segundo tempo. Em todas, brilhou a estrela do goleiro Everson, que impediu o pior. Ofensivamente, o ritmo caiu, apesar das tentativas de tornar a equipe mais agressiva com as entradas de Marrony, Nathan e Sasha. No fim das contas, o melancólico empate persistiu.

DEPORTIVO LA GUAIRA-VEN 1 X 1 ATLÉTICO

Fonte: Super Esportes

Foto: Manaure Quintero/AFP

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: