Capa da Página Com treinamento e orientações, HNSC celebra a Semana Mundial de Aleitamento Materno - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 14º MIN 35º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

05/08/2020 às 09:38h

Com treinamento e orientações, HNSC celebra a Semana Mundial de Aleitamento Materno

Facebook

De primeiro a 7 de agosto se comemora em todo o mundo a Semana do Aleitamento Materno, uma campanha desenvolvida em 120 países com ações para destacar a importância do aleitamento.

Pará de Minas também realiza ações especiais para orientar profissionais de saúde e mães. Quem dá mais detalhes sobre a importância do aleitamento materno para os bebês é Claudine Carvalho, responsável pelo banco de leite do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), de Pará de Minas:

Clique e ouça Claudine Carvalho

Mas não é apenas o bebê que se beneficia com o leite materno. Ela afirma que é muito importante também para a mãe e cita alguns problemas que podem ser evitados com o aleitamento:

Clique e ouça Claudine Carvalho

A enfermeira revela o que está sendo feito no HNSC nesta semana especial:

Clique e ouça Claudine Carvalho

O Ministério da Saúde (MS) e a Organização Mundial de Saúde (OMS) orientam que os bebês devem ser amamentados nos primeiros seis meses de vida, e que traz diversos benefícios aos pequenos e suas mamães, mas isso não impede que muitas mães optem por amamentar seus filhos por mais tempo.

-Dez passos para o sucesso do aleitamento materno

Passo 1 - Ter uma política de aleitamento materno escrita que seja rotineiramente transmitida a toda equipe de cuidados de saúde;

Passo 2 - Capacitar toda a equipe de cuidados de saúde nas práticas necessárias para implementar esta política;

Passo 3 - Informar todas as gestantes sobre os benefícios e o manejo do aleitamento materno;

Passo 4 - Ajudar as mães a iniciar o aleitamento materno na primeira meia hora após o nascimento; conforme nova interpretação: colocar os bebês em contato pele a pele com suas mães, imediatamente após o parto, por pelo menos uma hora e orientar a mãe a identificar se o bebê mostra sinais de que está querendo ser amamentado, oferecendo ajuda se necessário;

Passo 5 - Mostrar às mães como amamentar e como manter a lactação mesmo se vierem a ser separadas dos filhos;

Passo 6 - Não oferecer a recém-nascidos bebida ou alimento que não seja o leite materno, a não ser que haja indicação médica e/ou de nutricionista;

Passo 7 - Praticar o alojamento conjunto - permitir que mães e recém-nascidos permaneçam juntos – 24 horas por dia;

Passo 8 - Incentivar o aleitamento materno sob livre demanda;

Passo 9 - Não oferecer bicos artificiais ou chupetas a recém-nascidos e lactentes;

Passo 10 - Promover a formação de grupos de apoio à amamentação e encaminhar as mães a esses grupos na alta da maternidade; conforme nova interpretação: encaminhar as mães a grupos ou outros serviços de apoio à amamentação, após a alta, e estimular a formação e a colaboração com esses grupos ou serviços.

Fonte: www.saude.gov.br

Por Márcia Rocha

Foto: Assessoria do HNSC


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: