Capa da Página Vereador cobra informações da COPASA sobre ressarcimento a pará-minenses e reabertura do posto de atendimento - - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 12º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

01/06/2020 às 08:12h

Vereador cobra informações da COPASA sobre ressarcimento a pará-minenses e reabertura do posto de atendimento

Facebook

Durante reunião da Câmara Municipal de Pará de Minas, o vereador Marcus Vinícius Rios Faria (MDB) informou que está enviando um ofício para a Companhia de Saneamento de Minas Gerais – COPASA, para que a estatal retome os atendimentos de devolução do dinheiro das cobranças indevidas praticadas pela empresa no município pará-minense entre 2012 a 2015.

O vereador também solicita que a COPASA crie algum mecanismo com a finalidade de evitar que os pará-minenses precisem ir até o posto de atendimento, que até o mês de março funcionava na sede da AEAPAM - Associação dos Engenheiros e Arquitetos, na Rua Sacramento, no centro de Pará de Minas, como medida de prevenção ao COVID-19, já que lá podem ocorrer aglomerações de pessoas.

Vários pará-minenses procuraram a reportagem do Jornal da Cidade, reclamando da demora por parte da COPASA em ressarcir os valores devidos a eles. Segundo os ouvintes, a estatal não informa se o escritório vai voltar a funcionar e nem como será a devolução nos próximos dias. 

Diante dos inúmeros pedidos da população, o vereador Marcão decidiu pedir reclamações para a empresa. Para ele, seria uma grande ajuda durante a atual crise financeira provocada pela COVID-19:

Clique e ouça Marcão

O vereador não descartou acionar a Justiça, caso a COPASA não envie respostas sobre a devolução em Pará de Minas:

Clique e ouça Marcão

O promotor de Justiça Delano Azevedo já cobrou respostas da COPASA, porém ainda não obteve respostas.

Em nota, a estatal informa que para descobrir se tem direito ao ressarcimento, basta entrar no site copasa.com.br, opção “Devolução Pará de Minas”. Em seguida, o cidadão deve digitar o número do CPF do titular da fatura no período, informar os dados bancários e um e-mail para o envio do extrato dos valores. Neste momento, será gerado um protocolo com as informações de que o crédito será efetuado pela empresa. A estatal pede ainda atenção na hora do cadastramento para não serem inseridos dados incorretos para não ocorrer problemas.

A estatal também informa que está estudando formas e uma possível data para a reabertura do atendimento presencial. Após a retomada, todas as medidas de prevenção ao COVID-19 serão tomadas para evitar a propagação da doença.

Até o momento mais de 8 mil consumidores se cadastraram pelo site da Copasa, sendo que mais da metade já recebeu a restituição. A expectativa é de atender mais duas mil pessoas nas próximas semanas, segundo a estatal.

Por Sérgio Viana

Fotos Arquivo Espacial FM


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: