Capa da Página PM apreende seis toneladas de calçados sem nota fiscal em caminhão na BR-262 - - Policial - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 8º MIN 26º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Policial

04/07/2020 às 08:13h

PM apreende seis toneladas de calçados sem nota fiscal em caminhão na BR-262

Facebook

A Polícia Militar apreendeu seis toneladas de calçados sem nota fiscal, com indícios de falsificação, em um caminhão, na noite da última quinta-feira (2), na BR-262, altura de Antunes, em Igaratinga. A apreensão ocorreu no Km 418, da rodovia. Foi apreendido ainda um automóvel usado para “escoltar” a carga.

Os militares de Igaratinga realizavam patrulhamento pelo local, quando avistaram o caminhão-baú, cor branca, estacionado nas proximidades de um posto de combustíveis, em situação suspeita.

Durante a abordagem, foi constatado que o caminhão estava carregado com calçados de marcas famosas. O motorista de 34 anos disse que pegou os produtos em Nova Serrana, com intuito de levar para a cidade de Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro. Ele acrescentou que não havia nota fiscal, gerando suspeitas de falsificação.

Foi abordado ainda um veículo Fiat Uno, cor vermelha, que estava estacionado em situação suspeita, próximo do caminhão. O motorista de 50 anos disse aos policiais que estava acompanhando o veículo de carga, a pedido do caminhoneiro, não sabendo informar o motivo.

De acordo com informações apuradas no local, há suspeita de que sua função seria avisar o motorista do caminhão sobre eventuais fiscalizações pela estrada.

Durante o registro da ocorrência, compareceu ao local, uma mulher de 28 anos, a qual disse ser responsável pela carga, e que posteriormente um amigo apresentaria uma nota fiscal de parte dos materiais.

Diante da situação, o caminhão e o Fiat Uno foram apreendidos, junto com a carga. Os três envolvidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia.

Por Sérgio Viana

Fotos PMMG


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: