Capa da Página Novos confrontos deixam centenas de feridos em Jerusalém - Destaques - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 8º MIN 23º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Destaques

10/05/2021 às 09:01h

Novos confrontos deixam centenas de feridos em Jerusalém

Facebook

Novos confrontos entre palestinos e policiais israelenses na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém, deixaram centenas de feridos nesta segunda-feira (10) no "Dia de Jerusalém".

A data do calendário hebraico celebra o dia em que Israel conquistou Jerusalém Oriental e a Cidade Velha, que abriga lugares sagrados muçulmanos, judeus e cristãos, em 1967.

Os confrontos têm ocorrido na Cidade Velha, no complexo da mesquita de Al-Aqsa, que é conhecida pelos muçulmanos como Santuário Nobre e pelos judeus como Monte do Templo.

Manifestantes atiraram pedras e a polícia respondeu com bombas de efeito moral e balas de borracha do lado de fora da mesquita.

A polícia diz que os manifestantes atiraram pedras contra os policiais e em uma estrada adjacente, perto do Muro das Lamentações, onde milhares de judeus israelenses se reuniam para orar.

Ao menos 180 pessoas ficaram feridas e 80 foram hospitalizadas, segundo médicos palestinos. Desde o início dos confrontos, na sexta-feira (7), mais de 500 se feriram.

Despejos em Jerusalém Oriental
As tensões aumentaram após Israel anunciar que vai seguir com o despejo programado de famílias palestinas no bairro Sheikh Jarrah, em Jerusalém Oriental.

Uma audiência que seria realizada nesta segunda na Suprema Corte de Israel, para analisar os despejos, foi adiada.

Um tribunal de primeira instância já decidiu a favor da reivindicação dos colonos judeus sobre as terras onde as casas dos palestinos estão localizadas.

Confrontos desde sexta
Mais de 200 pessoas ficaram feridas em confrontos na Esplanada das Mesquitas na sexta, onde milhares de palestinos se reuniam para a última oração antes do fim do Ramadã, o mês do jejum muçulmano.

No sábado (8) e no domingo (9) a calma voltou à praça, mas os confrontos entre palestinos e a polícia israelense se espalharam para outras áreas de Jerusalém Oriental.

Militantes palestinos na Faixa de Gaza dispararam quatro foguetes contra Israel no domingo e mais três projéteis hoje, segundo militares israelenses.

Israel respondeu ao ataque de domingo com tiros de tanques contra posições do Hamas, que controla a Faixa de Gaza.

Fonte: G1
Foto: Ammar Awad/Reuters

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: