Capa da Página Presidente do Cruzeiro diz que prometer acesso é complicado e avalia renegociação salarial em 2021 - Esporte - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 15º MIN 31º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias - Esporte

CRUZEIRO MG

Presidente do Cruzeiro diz que 'prometer acesso é complicado' e avalia renegociação salarial em 2021

30/11/2020 às 10:18h

Facebook

Com o projeto de retornar à Série A, o Cruzeiro iniciou a temporada readequando os salários dos jogadores que permaneceram no clube para a disputa da Segunda Divisão, com promessa de pagar as diferenças em 2021. A situação atual não reflete um possível acesso. A equipe celeste luta contra um novo rebaixamento e vê o retorno à elite com pouco otimismo. E o cenário financeiro pode piorar nos próximos meses.

Por isso, o presidente Sérgio Santos Rodrigues já começa a pensar na próxima temporada. Caso permaneça na Série B - objetivo do clube atualmente -, o Cruzeiro terá recursos menores para trabalhar. Desta forma, quitar os acordos com os atletas mais experientes será complicado. Mas o mandatário celeste está pronto para negociar com os atletas.

“Não me preocupo com isso pois, se acontecer o pior, que é o não acesso, acho que será tranquilo renegociar. Os atletas já sabem disso. Já foi conversado que se o orçamento for reduzido essa renegociação teria que ser feita", disse Sérgio Santos Rodrigues, em entrevista ao Uol Esporte.

De acordo com o presidente, os jogadores que ficaram no Cruzeiro depois do rebaixamento à Série B entendem bem a situação, não criam problemas e buscam ajudar o clube.

"Os jogadores têm sido muito bacanas com o Cruzeiro. Fábio, Léo, Henrique, Ariel Cabral, Manoel, que são pessoas que estão nessa situação. Em momento algum brigam ou falam sobre isso. Eles sabem da nossa realidade. Até já partiu de um deles falar com a gente: 'presidente, fica tranquilo, se tiver que trabalhar com outro orçamento nós não queremos prejudicar, somos parceiros e queremos ajudar o Cruzeiro’”.

Vai subir?


O Cruzeiro soma 28 pontos na Série B. A equipe está na 16ª posição. Sonho do torcedor, o acesso parece inimaginável no momento. O clube está 12 pontos atrás do Juventude, quarto colocado. Faltam 14 rodadas para o fim da competição - 42 pontos em disputa.

O presidente celeste não promete o acesso. “Prometer fim é complicado, a gente pode prometer o meio. Prometer acesso é muito complicado".

No entanto, Sérgio Santos Rodrigues segue convicto de que a equipe vai voltar à Série A na próxima temporada. Mas, em vez de focar em pontos necessários para o acesso, o presidente prefere projetar a campanha jogo a jogo.

“Eu tinha muita convicção de que ia acontecer [acesso], e convicção eu ainda tenho. Mas hoje é o jogo a jogo. Quando todo mundo fala que tem que ganhar dez, tem que ganhar 12, eu falo, não, tem que ganhar o próximo. Tempo sempre há. Enquanto existem pontos possíveis para que a gente classifique com o elenco que a gente tem, acredito que temos meios de chegar lá sim. E vamos brigar até o fim para isso", concluiu.

Fonte: Super Esportes

Foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: