Capa da Página Maioria da população brasileira sonha em sair do país; Pará-minense que hoje vive na França conta como é a experiência - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 19º MIN 29º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

14/10/2021 às 07:33h

Maioria da população brasileira sonha em sair do país; Pará-minense que hoje vive na França conta como é a experiência

Facebook

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, 2,5 milhões de brasileiros vivem longe do país hoje. E, pela escolha do destino, é possível constatar que os locais favoritos já foram eleitos. Atualmente, os Estados Unidos acolhem mais de 1 milhão de residentes brasileiros.

Morar fora ou fazer uma viagem internacional é o sonho de praticamente 90% da população brasileira. Porém é necessário planejamento e abrir a mente para as coisas novas que vão ser vivenciadas em outro território.

Para saber como se preparar e executar o plano de viajar ou viver fora do Brasil, a reportagem do Jornal da Cidade conversou com Bruno Silva, pará-minense que há muitos anos mora no exterior e já viveu em diversos países.

De passagem por Pará de Minas, Bruno conversou com a nossa equipe e explica inicialmente qual a sensação de morar fora do Brasil:

Clique e ouça Bruno Silva

Bruno destaca qual o planejamento necessário para morar no exterior:

Clique e ouça Bruno Silva

O pará-minense dá algumas dicas para quem tem o sonho de sair do Brasil:

Clique e ouça Bruno Silva

Além dos Estados Unidos como primeiro destino escolhido pelos brasileiros, na sequência aparecem países como: Japão, Paraguai, Portugal e Espanha. Dessa forma, nota-se que a Europa chama a atenção dos emigrantes do Brasil.

De acordo com o SEF, Serviço de Estrangeiros de Fronteiras, a nacionalidade brasileira possui o maior número de membros no continente atualmente. São mais de 750 mil habitantes – destes, 150 mil apenas em Portugal.

Por Henrique Silva

Fotos: Agência Brasil | Arquivo Pessoal Bruno Silva


Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: