Capa da Página Vacinação contra febre aftosa em Minas é prorrogada até 20 de dezembro - Notícias - JC Notícias Capa da Página

Icone previsão PARÁ DE MINAS - 21º MIN 30º MAX

Cadastre seu e-mail e receba nossas novidades

Icone IconeNotícias

29/11/2021 às 08:32h

Vacinação contra febre aftosa em Minas é prorrogada até 20 de dezembro

Facebook

Em razão de problemas na distribuição da vacina em todo o estado, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) autorizou a prorrogação da vacinação contra a febre aftosa em Minas para até 20/12.

Como a legislação determina que o pecuarista possa comprovar (declarar) a imunização até 10 dias após o término da campanha, este procedimento também foi adiado, ou seja, o produtor mineiro poderá declarar a imunização de bovinos e bubalinos de zero a 24 meses até 30/12.

A expectativa é que sejam vacinados cerca de 10 milhões de animais. A compra de vacina em estabelecimentos comerciais da iniciativa privada poderá ocorrer até 20/12, dentro do novo prazo acordado com o Mapa.

A ampliação do prazo e remanejamento de doses das vacinas foram avaliados e autorizados pelo Mapa a pedido do IMA e entidades representativas do setor, em Minas, pelo Sistema Faemg, sindicatos rurais e associações de criadores de animais.

O produtor comprova a vacinação dos bovinos e bubalinos usando o formato eletrônico de declaração que está disponível em ima.mg.gov.br ou, caso tenha cadastro, acessando o Portal de Serviços do Produtor.

Uma outra opção é o envio da declaração para o e-mail da unidade do IMA responsável pela jurisdição do município, ou presencialmente em uma das unidades. Para facilitar a localização da propriedade, ao declarar a vacinação, recomenda-se o envio do Cadastramento Ambiental Rural (CAR).

Com informações da Agência Minas

Foto: Rádio Espacial FM / AdobeStock_213866146

Galeria de fotos

Clique nas imagens para ampliar: